Eleições: Ordem e Progresso

Meus caros amigos do DiarioNet, chegamos até aqui, antevéspera das eleições para governador e vice-governador do Estado de São Paulo e para presidente e vice-presidente do Brasil.

Tivemos, no segundo turno das eleições, momentos de apreensão, violências e angustias que tomaram conta do País, por quase um mês. Foram dias de expectativas por notícias e buscas de indicadores confiáveis, que nos informavam o desempenho dos candidatos aos diversos cargos eletivos.

As falsas notícias nas redes sociais, bem como as verdadeiras via internet foram, sem dúvida, a grande marca da modernidade, produzindo extrema agilidade na comunicação.  Modelo novo de estratégia, que nos obrigará a compreender, tanto eleitores como candidatos, esses novos instrumentos que deverão se ampliar. Na minha leitura ficou demonstrado, que recursos financeiros já não serão tão necessários, o que nos permite aplaudir o novo formato para as próximas eleições. Tenho para mim, que teremos também o desaparecimento de grande parte do caixa dois e da corrupção no meio político eleitoral. Já é um grande passo em direção a um ambiente descente, onde não caberão na nossa sociedade, bandidos e corruptos que desmoralizaram os costumes, a moral e a ética no País.

A base de uma sociedade que optou pela democracia, não pode conviver e admitir o retorno desses personagens imorais e sem escrúpulos. Hoje uma grande parcela deles, respondem na prisão ou mesmo fora dela, por decisão do judiciário brasileiro e alijados da vida pública. O passaporte para ingressar na política nacional é a Ficha Limpa.

Apesar de esta realidade insofismável, temos que tolerar o último suspiro doentio de um presidiário que criou um boneco de ventríloquo, na tentativa de manipular mais uma vez, o povo brasileiro.

É tal a petulância e arrogância desse infeliz, que só pode ser entendida como o último ato de uma Ópera Bufa vivida por um idiota que, creio eu, não tem a menor noção da ausência de autocrítica, encarcerada na sua mais profunda ignorância.

A resposta que será dada nas urnas no dia 28 de Outubro pelo eleitor, demonstrará a toda a sociedade, que nós brasileiros entendemos a importância do alerta da Lava Jato. As ruas, desde 2013 sinalizaram o caminho da reconstrução de uma terra arrasada.

Votaremos contra a corrupção, contra a incompetência e a tentativa frustrada de transformar esse gigante em parceiro da mediocridade e da corrupção internacional. Esqueceram que a nossa bandeira é Verde Amarela e que nosso lema voltará a ser ORDEM E PROGRESSO.

Vamos às urnas para eliminar de uma vez por todas a tentativa de incutir, na nossa gente, o cruel e destruidor vírus bolivariano, que vem destruindo os nossos infelizes vizinhos fronteiriços.

Com consciência do poder do nosso voto e no pleno exercício da democracia, consolidaremos nossa vontade e desejo de um País livre de amarras e pronto para buscar o seu merecido e respeitado lugar, entre as nações mais desenvolvidas.


Manoel Francisco Pires da Costa, presidente do DiarioNet

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: