O Congresso Nacional perdeu a credibilidade do brasileiro

O país vive seus piores dias da República. Os números confiáveis que temos conhecimento pelos institutos privados competentes são aterradores. Níveis de desemprego, que serão objeto de debates eleitorais, estão fora de controle com viés de alta, hoje em 14%. A dívida pública atinge mais de 75% do PIB, o crescimento do PIB projetado no começo do ano em 3%, hoje é de 1,3%, portanto significativamente menor. Assim, vamos para um final de governo melancólico.

Volta ao cenário o comportamento indecente contra o País pelos membros do Congresso Nacional, interpretados por atores parlamentares de pífia qualidade cultural, moral e ética. Estes sim, responsáveis em grande parte, por esta situação catastrófica em que a sociedade aturdida se encontra. Em nenhum momento nestes últimos anos petistas, o Parlamento votou a favor das necessidades do País. O toma lá da cá, foi a moeda frequente usada por interesses políticos e pessoais junto ao poder.

Um analfabeto revoltado pela própria ignorância enxergava na sua facilidade verbal, embora imbecil e mentirosa, o elixir do convencimento e da esperança. Toda esta ilusão terminou com a prisão do ilusionista.

Recuperar a confiança dos brasileiros não será fácil. Assumir compromisso com as reformas estruturais com austeridade e competência comprovadas pela história de cada candidato, é o caminho que terão de percorrer com seriedade e responsabilidade para receber o apoio dos eleitores conscientes das necessidades da Nação.

Os atuais candidatos à Presidente da República, por outro lado, não terão condições de governar esta Nação sem um Congresso Nacional digno e comprometido com os brasileiros de todos os rincões.  O Parlamento terá que ser o retrato das necessidades e dos interesses do País. Os métodos usados, em passado recente, como a propina de cada dia, têm que ser escorraçados com indignação pelos novos representantes do povo. A recuperação da ética e da moral, com a criação da Ficha Limpa é o comportamento exigido pelos eleitores aos novos inquilinos do Legislativo Federal no cumprimento das suas funções institucionais.

Nestes últimos anos, parlamentares desclassificados, profissionais da política, marionetes dos seus próprios interesses, na sua maioria representados por populistas incompetentes, esquecem suas obrigações constitucionais com o povo brasileiro, após o encerramento de escrutínio.

O maior trunfo no Regime Democrático é o voto que confere o direito de escolha dos candidatos às instituições políticas do País. Este poder tem que ser usado com a sabedoria do eleitor brasileiro. Sabemos que sem um Congresso Nacional probo e responsável, corremos o risco de perder este instrumento fundamental da democracia, que nos permite cumprir esta função constitucional.

A substituição desta ralé do Planalto, não é tão difícil. O eleitor deve votar em candidato cujo histórico não pode conter as manchas da sujeira indecente que a grande parcela dos atuais titulares, incorrigíveis pelas deformações nas suas origens coronelistas dos sertões do País, tem.  Entendem o poder do voto do homem simples, como o passaporte para a libertinagem com recursos públicos, bem como, a busca obsessiva das vantagens no afã de aumentar seu patrimônio, com a oportunidade legislativa que o povo lhe concedeu.

O eleitor, sem melhor conhecimento dos seus próprios direitos e mesmo das suas reais necessidades é traído pelo populismo indecoroso e mentiroso do postulante. Os impostores, afirmam terem sido eleitos pelo povo, quando na realidade, os eleitores foram convencidos e enganados por eles, com suas inexequíveis propostas.

Nestas eleições demonstrem aos candidatos a cargos eletivos deste País, que a população brasileira sabe votar e escolher com o voto democrático, os melhores representantes para o Congresso Nacional.

O judiciário, precisa contribuir nestas eleições, sem interpretações dúbias à legislação eleitoral, evitando a insegurança jurídica.


Manoel Francisco Pires da Costa, presidente Diarionet

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: